Usando Minikube para criar um cluster

Objetivos

  • Aprenda o que é um cluster Kubernetes.
  • Aprenda o que é o Minikube.
  • Inicie um cluster Kubernetes usando um terminal online.

Clusters do Kubernetes

O Kubernetes coordena um cluster altamente disponível de computadores conectados para funcionar como uma única unidade. As abstrações no Kubernetes permitem implantar aplicativos em contêineres em um cluster sem amarrá-los especificamente a máquinas individuais. Para fazer uso desse novo modelo de implantação, os aplicativos precisam ser empacotados de uma forma que os desacople dos hosts individuais: eles precisam ser colocados em contêineres. Os aplicativos em contêineres são mais flexíveis e disponíveis do que nos modelos de implantação anteriores, nos quais os aplicativos eram instalados diretamente em máquinas específicas como pacotes profundamente integrados ao host. O Kubernetes automatiza a distribuição e o agendamento de contêineres de aplicativos em um cluster de maneira mais eficiente. O Kubernetes é uma plataforma de código aberto e está pronto para produção.

Um cluster Kubernetes consiste em dois tipos de recursos:

  • O Master coordena o cluster
  • Os Nodes são os trabalhadores que executam aplicativos

Resumo:

  • Cluster do Kubernetes
  • Minikube

O Kubernetes é uma plataforma de código aberto de nível de produção que orquestra o agendamento e a execução de contêineres de aplicativos dentro e entre clusters de computador.


Diagrama de Cluster


O mestre é responsável por gerenciar o cluster. O mestre coordena todas as atividades em seu cluster, como programação de aplicativos, manutenção do estado desejado dos aplicativos, escalonamento de aplicativos e lançamento de novas atualizações.

Um nó é uma VM ou um computador físico que atua como uma máquina de trabalho em um cluster Kubernetes. Cada nó tem um Kubelet, que é um agente para gerenciar o nó e se comunicar com o mestre do Kubernetes. O nó também deve ter ferramentas para lidar com operações de contêiner, como containerd ou Docker. Um cluster Kubernetes que lida com o tráfego de produção deve ter no mínimo três nós.

Os mestres gerenciam o cluster e os nós que são usados ​​para hospedar os aplicativos em execução.

Ao implantar aplicativos no Kubernetes, você diz ao mestre para iniciar os contêineres de aplicativos. O mestre agenda os contêineres para serem executados nos nós do cluster. Os nós se comunicam com o mestre usando a API Kubernetes , que o mestre expõe. Os usuários finais também podem usar a API Kubernetes diretamente para interagir com o cluster.

Um cluster Kubernetes pode ser implantado em máquinas físicas ou virtuais. Para começar o desenvolvimento do Kubernetes, você pode usar o Minikube. O Minikube é uma implementação leve do Kubernetes que cria uma VM em sua máquina local e implanta um cluster simples contendo apenas um nó. O Minikube está disponível para sistemas Linux, macOS e Windows. O Minikube CLI fornece operações básicas de inicialização para trabalhar com seu cluster, incluindo iniciar, parar, status e excluir. Para este tutorial, no entanto, você usará um terminal online fornecido com o Minikube pré-instalado.

Agora que você sabe o que é Kubernetes, vamos para o tutorial online e iniciar nosso primeiro cluster!


Última modificação December 29, 2020 at 2:43 PM PST: Adding create cluster (b2e99114f)